Uro Oncologia

Uro Oncologia

Câncer de Rim

O câncer renal é a neoplasia urológica mais letal. Nos últimos anos, com o aumento da realização de exames de imagem como ultrassonografia de abdômen, houve um aumento considerável na incidência de lesões em estágios iniciais, conhecidas como pequenas massas renais. Nestes casos, conseguimos realizar tratamentos mais conservadores, com preservação do órgão (Nefrectomia Parcial).

Nas lesões renais maiores, o tratamento padrão é a retirada total do órgão (Nefrectomia Radical). Quando diagnosticado de forma precoce são grandes as chances de cura.

Câncer de Próstata

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Alguns desses tumores podem crescer de forma rápida, espalhando-se para outros órgãos, podendo levar à morte. Outros, porém, crescem de forma tão lenta que não chegam a dar sinais durante a vida e nem ameaçam a saúde do homem. Sendo assim, seu tratamento é variável e deve ser individualizado caso a caso.

Com a constante evolução da medicina, atualmente dispomos de opções terapêuticas modernas e menos invasivas como a cirurgia robótica e laparoscópica.

Nódulo Adrenal

As glândulas adrenais são pequenas estruturas que estão localizadas acima de cada rim e são responsáveis pela produção de diversos hormônios, como por exemplo o Cortisol.

Não é raro que pacientes realizem exames de imagem (tomografia, ultrassonografia) por uma outra causa e neles apareçam os chamados “nódulos” na adrenal.

Isso não deve gerar desespero, pois, na maioria das vezes, esse é um achado benigno, que pode apenas ser acompanhado. Entretanto, em algumas situações, é necessária a retirada total da glândula por videolaparoscopia ou cirurgia robótica.
Fique tranquilo e converse com seu Urologista.