RTU de Próstata

RTU de Próstata

Ressecção transuretral de próstata (RTU): um aparelho com câmera é colocado através da uretra até a próstata (sem cortes na pele), através dele removemos tecido prostático que está dificultando a saída da urina. É uma operação comum para hiperplasia benigna de próstata (HBP) e os resultados são excelentes para uma grande porcentagem dos pacientes.


PREPARO PRÉ-OPERATÓRIO:

1. Realizar os exames médicos solicitados e levá-los consigo ao consultório antes do procedimento e também para o hospital, na data da cirurgia.
2. Internar-se no hospital orientado, levando documento com foto, carteirinha do convênio e acompanhante. Deve-se chegar com antecedência para a realização da burocracia de internação.
3. Jejum: é de extrema importância para o bom andamento da anestesia e cirurgia, devendo ser seguido com seriedade. Jejum absoluto (NEM ÁGUA) 8 horas antes do horário agendado para a cirurgia. Evitar refeições pesadas na véspera da cirurgia.
4. Medicamentos:
o Não tomar quaisquer medicamentos que contenham antiagregantes plaquetário e anticoagulantes por pelo menos 10 dias antes da cirurgia, tais como: AAS/Aspirina/Ácido acetilsalicílico, Bufedil, Bufferin, Cibalena, Clexane, Coumadin, Do-ril, Ecotrin, Fitoterápicos, Fraxiparina, Ginkgo Biloba, Ginseng, Heparina, Iscover, Liquemine, Marevan, Marcoumar, Melhoral, Persantin, Plavix, Somalgin, Tanakan, Ticlid, Trental ou outros.
o Se você usa qualquer tipo de calmante, antidepressivo, remédio para dormir ou até mesmo drogas, seu médico deve ser informado o quanto antes para que possa tomar as medidas necessárias.
o Informe no consultório os medicamentos utilizados rotineiramente e não esqueça de levá-los no dia da internação.
5. Bebidas alcoólicas / Cigarros: Não ingerir bebida alcoólica 3 dias antes. IDEAL: Pare de fumar de preferência meses ou semanas antes da cirurgia pois a nicotina interfere com a cicatrização da pele.
6. Comunicar-se conosco com pelo menos 3 dias de antecedência caso haja algum imprevisto ou doença inesperada (gripe, etc…).
7. Depilação/ Tricotomia: Não é necessária
8. Banho: Deverá ser realizado no dia da cirurgia, devendo ser em sua residência, utilizando produtos de higiene de seu costume. Evite molhar os cabelos; se forem lavados é importante secá-los bem antes da cirurgia. Não utilize cremes ou óleos para o corpo e nem perfumes.
9. Retire relógio, pulseiras, aliança, anéis, brincos, piercing, prótese dentária (se tiver) e qualquer objeto do cabelo, devendo ser entregue aos seus familiares ou colocado no cofre que fica em seu quarto. Vista a roupa que lhe será entregue: camisola, touca e propé.
10. Mantenha as unhas curtas e limpas, sem esmaltes.
11. Familiares: É necessária a presença de um acompanhante no momento da alta.
12. Transporte: Você será transportado para o Centro Cirúrgico em maca pela enfermagem e poderá ficar aguardando na sala pré-operatória a chegada da equipe médica e o início da cirurgia.


ANESTESIA

A anestesia será definida pelo anestesiologista, geralmente é realizada a raquianestesia.


PÓS-OPERATÓRIO – HOSPITAL

Assim que terminar a cirurgia você será encaminhado para R.A. (sala de Recuperação Anestésica) localizada no Centro Cirúrgico ou para a U.T.I. (Unidade de Terapia Intensiva) dependendo da cirurgia e condições clínicas.
Você poderá ficar na R.A. até se recuperar da anestesia, sendo monitorizado e acompanhado pela enfermagem e pelo anestesiologista. Geralmente ficará na R.A. um período entre 30 min e 120 min., podendo permanecer por mais tempo dependendo da necessidade.
Após a alta da R.A. você retornará para o seu quarto fica na Unidade de Internação, onde ficará sobre cuidados da enfermagem, até que receba alta pelo médico. A enfermeira orientará a respeito da dieta e das medicações.
Em caso de dor, náuseas ou dúvidas, não hesite em chamar a enfermagem! A alta hospitalar acontece geralmente após 24 / 48h da cirurgia.

SONDA
Você estará com uma sonda (Figura) para lavagem continua da bexiga com soro fisiológico, isso é um procedimento comum após RTU e serve para diminuir os sangramentos pós operatórios. Geral-mente o paciente recebe alta já sem sonda, entretanto, em alguns casos necessitamos manter a sonda por mais tempo.


PÓS-OPERATÓRIO – RESIDÊNCIA

No momento da alta pegue atentamente todos os documentos da alta que incluem: receita médica, atestado médico, orientações específicas para o seu caso, além dos exames que você levou para o hospital.
1. Dieta: Procure uma dieta leve
2. Hidratação: É fundamental manter-se hidratado, pelo menos 2 L de água por dia .
3. Atividade física: Período de repouso varia de acordo com o paciente. Em média, repouso relativo (sem correr, carregar peso acima de 10 kg, dirigir e atividade sexual) por 15 dias.
4. É comum ardor ao urinar e saída de pequena quantidade de coágulos na urina, se ocorrer sangramento urinário em grande quantidade que não melhora com hidratação entre em con-tato.
5. Cuidados com a sonda: Evitar deixar o coletor acima do nível da cintura, esvaziar regularmente o reservatório e evitar acidente de tração da sonda.
6. Medicações em casa – É importante que utilize da forma correta seguindo os horários ade-quados ( Vide Receita médica).